A fábula Novo Testamento
Jesus o falso Messias de Roma

Fundador do Pentecoste Americano




O Pastor Charles Fox Parham é tido merecidamente, como o fundador do pentecostalismo. Foi ele o fundador das "Assemblies of God", que aqui no Brasil, tomou o nome de "Assembleias de Deus". Atualmente e desde muitos anos, a maior denominação protestante aqui.

O Pastor Charles Fox Parham, dizia receber os dons do espírito santo. Falava "em línguas", pregava muito. Desde a adolescência, era Pastor. Na verdade, ele foi o primeiro Pastor pentecostal verdadeiro do mundo.

Parham era racista declarado e militante, odiava negros e tudo o que não fosse da suprema raça ariana, pertencia à KKK(Ku Klux Klan).

Foi preso e acusado de ter violentado sexualmente um garoto, mas como era poderoso na KKK, foi solto. Ao mesmo tempo que pregava contra a imoralidade, praticava sodomia, e milhares acreditava em suas pregações.
O Pastor Parham acreditava e pregava, que a cura milagrosa de doenças era um direito natural dos seguidores da palavra de Deus.

A edição 58, volume XVII, Nº 2, ano de 1998, da revista Christian History, mostra uma foto de 1906. Nela, aparece uma foto do Pastor Parham , com sete seguidores, todos estavam nas escadarias do fórum de Carthage, Missouri.
Parham segurava uma placa que dizia: "Apostolic Unity (Unidade Apostólica)".
Seus seguidores, seguravam faixas aonde estava escrito: "Life", "HEALTH" (Vida "," SAÚDE).
Parham mostrava que crendo em "Jesus", lhes daria saúde e proteção contra doenças.

O Pastor Parham, pregava publicamente que se deveria evitar se consultar com médicos e crer em benefício da Medicina.
Que todos deviam ao invés disto, crer que o poder de Deus ou Jesus, ou Espirito Santo os curaria.
Um filho de Parham com 16 anos, pegou uma doença e morreu, um outro filho morreu também de doença aos 37 anos.

Os doentes genuínos que iam aos cultos do Pastor Parham nunca ficavam curados, um seguidor do Pastor Parham tinha uma filha com apenas 9 anos chamava-se Nettie Smith.
A menina ficou doente, o pai recusou tratar a doença da filha esperando a cura milagrosa, e a menina veio a falecer.

Muitos se voltarem contra Parham, pois a doença era tratável mesmo com a fraca medicina disponível em 1904.
Quanto ao Pastor Parham, ele mesmo sofreu muitas doenças aonde não pregava nem viajava.

De dezembro de 1904 até fevereiro de 1905, ele esteve acamado e doente (ver o livro "Fields White Unto Harvest, página 94, autor:James Goff Jr.).
O Pastor Parham, foi também o primeiro pregador pentecostal a orar sobre um lenço e vender lenços idênticos pelo correio a um alto preço. (Fields White Unto Harvest, página 104, autor:James Goff).

Parham, até o fim da vida foi racista, antes de morrer exigiu que fosse enterrado aonde nenhum negro estivesse sido enterrado perto.
Os cultos ministrados por Charles Fox Parham, eram marcados por grande êxtase, tais como, transes e o dom de evidências em novas línguas que ficou mundialmente conhecido como batismo com o Espírito Santo. Parham, na cidade de Topenka, no Kansas, no ano de 1900, fundou Bethel Bible College, uma instituição que ficou conhecida pelo prática da cura divina, dava assistência material e espiritual para as pessoas de origem humilde e que estavam dispostas a atuar como missionários.

Charles Parham acometido de depressão ausentou-se da liderança do movimento pentecostal por ele iniciado, período no qual fez viagens para tentar recuperar-se. Porém, regressando de sua viagem Parham se deparou com um movimento que visava ocupar seu lugar como diretor da Bethel Bible.

Parham retoma a liderança e continua a estimular seus estudantes a alcançarem a terceira benção, foi quando em um movimento de oração uma de suas alunas entrou em êxtase e manifestou em línguas estranhas, glossolália, nas semanas seguintes novas pessoas, inclusive Parham, alcançaram o mesmo feito, esse foi o ponto de partida para o movimento da rua Azuza.
Atuação dos Espiritos Imundos que é ensinado como Espirito Santo
Invocação aos espiritos, e o povo acha que tal bruxaria vem do Criador



No ano de 1905 Charles Parham mudou-se para Huston, no Texas, onde fundou um nova escola biblíca, onde teve como um de seus alunos William Seymour, um negro filho de ex-escravos que era obrigado por Parham a assitir as aulas sentado numa cadeira no corredor.

Seymour se tornou o grande anunciador do movimento pentecostal. Em 1906, seus ensinos sobre as práticas de falar palavras desconhecidas trouxe grande quantidade de adeptos ao pentecostalismo e, dois anos mais tarde, sua igreja já mandava missionários para outros países.

Parham durante 5 anos atuou como pastor de uma igreja metodista, sua decisão em abandonar esta igreja estava na crença pessoal na cura divina. Parham é um dos fundadores da Assembléia de Deus nos Estados Unidos, a maior denominação pentecostal do Brasil e também do mundo.

Parham se envolveu em escandalos de sodomia e afastou-se da liderança do grupo religioso por ele fundado, coube a Willian Seymour assumir a liderança dos membros da igreja de Parham. Charles Fox Parham foi bastante criticado por suas ligações com a maçonaria, a Ku Klux Klan e também pela seu racismo não disfarçado.

O advento da rua Azuza, de fato, estava exercendo profunda força no mundo protestante, funcionava como um potente imã atraindo líderes de diversos segmentos do protestantismo que desejavam conhecer o que estava ocorrendo ali.
Como um centro irradiador da mensagem pentecostal, enviou grupos para diversas localidades do país e do mundo.

Seymour foi pastor na rua Azuza até sua morte em 28 de setembro de 1922, o edifício da igreja onde tudo começou foi destruído poucos anos mais tarde, porém o pentacolismo ja havia se espalhado.

Chegada no Brasil

Em 19 de novembro de 1910, os protestantes suecos Gunnar Vingren e Daniel Berg vindos dos Estados Unidos chegaram em Belém, capital do Estado do Pará.

A princípio frequentaram a Igreja Batista, tais protestantes traziam a Glossolalia, que é o método de falar linguas sem sentido e sem entendimento, que foi adotado como batismo no Espírito Santo, porém tal doutrina não foi aceita pelos Batistas.

[Sobre tais linguas alguns se acham com o dom de intérprete, porém mente em suas interpretações, ou seja, um fala lingua sem sentido, e o outro inventa uma interpretação, mas quem não conhece acaba batendo palmas].

[Lamentavelmente, o povo protestante ainda não sabe que, tanto o Jesus como o tal "espirito santo" foram criados pelo Cristianismo].

Este método Glossolalia na América foi desevolvido pelo pastor metodista Charles Fox Parham, porém evolui através de um de seus principais discípulos, um pastor negro chamado William Joseph Seymour, que ministrava na rua Azusa, Los Angeles, em 1906.

Esta nova doutrina trouxe divergências, enquanto um grupo aderiu, o outro rejeitou.
Então, em duas assembleias distintas os adeptos do pentecostalismo foram desligados.
Em 18 de junho de 1911, juntamente com os dois estrangeiros fundaram uma igreja e adotaram o nome de Missão de Fé Apostólica, nome este que já era usado pelo movimento de Los Angeles, mas sem qualquer vínculo administrativo com William Joseph Seymour.

A partir de então, passaram a reunir-se na casa de Celina de Albuquerque.
Sete anos mais tarde, em 18 de janeiro de 1918, a nova igreja por sugestão de Gunnar Vingren, passou a chamar-se Assembleia de Deus, em virtude da fundação das Assembleias de Deus nos Estados Unidos em 1914, em Hot Springs, Arkansas, mas, sem qualquer ligação institucional entre ambas as igrejas.

A Assembleia de Deus no Brasil expandiu-se pelo estado do Pará, alcançando o Amazonas e propagou-se para o Nordeste, principalmente entre as camadas mais pobres da população.

Chegou ao Sudeste por volta de 1922, através de famílias de retirantes do Pará, que se portavam como instrumentos voluntários para estabelecer a nova denominação aonde quer que chegassem.

Nesse ano, a igreja teve início no Rio de Janeiro, no bairro de São Cristóvão, em 1924 ganhou impulso com a transferência de Gunnar Vingren vindo de Belém para a então capital da República.

Um fato que marcou a igreja naquele período foi a conversão de Paulo Leivas Macalão, filho de um general e precursor do assim conhecido Ministério de Madureira.

Em 1930, foi realizado um concílio da igreja na cidade de Natal, daí a Assembleia de Deus no Brasil passou a ter autonomia interna, sendo administrada exclusivamente pelos pastores residentes no Brasil.
A partir de 1936 a igreja passou a ter maior colaboração das Assembleias de Deus dos Estados Unidos.

Mais tarde outras denominações chamadas pentecostais surgiram, e todas se dizem adéptas do tal batismo que teria ocorrido em Jerusalém, Porém se enganam e são enganados, o templo de Jerusalém foi destruido no ano 70, e antes nunca existiu igreja, nem Jesus, nem espirito santo, nem apóstolos, nem tão pouco o tal pentecoste.

Fontes:

THE LIFE OF CHARLES F. PARHAM: Founder of Apostolic Faith Movement."
Autora: Sarah E. Parham (Editora Garland Publishing Inc; New York and London, 1985, publicado em 1930).

The Faith Healers", de James Randi. Editora Prometheus Books.

A Vingança de Deus. Autor:Gilles Kepel. Editora Siciliano. (Traduzido por J. E. Smith Caldas).

Robert Longman Jr (www.spirithome.com/histpen1.html)

Comentários